Dois postos de combustíveis em João Pessoa são autuados por fraudes e bombas lacradas para evitar golpes em consumidores

 



 

Dois postos de combustíveis receberam autos de infração e terão o prazo de dez dias para apresentar defesa, após serem flagrados fraudando bombas e omitindo dados de consumidores. A operação identificou que o consumidor paga um valor x e é colocado no tanque um valor menor que o pago. Em outro posto, uma bomba foi lacrada e o medidor, que deve estar à disposição do consumidor, e estava fechado, também retirado.

“Essa operação é realizada para, através do teste de vazão, verificar se o consumidor está sendo lesado. Muitas vezes, ele paga um valor x e é colocado no tanque um valor menor que o pago. Em um dos postos que visitamos estava acontecendo esta prática e já lacramos a bomba. No outro, o medidor, que deve estar à disposição do consumidor a qualquer instante, estava com cadeado e só o gerente tinha acesso. Por isso, autuamos os dois estabelecimentos”, explicou a chefe de Fiscalização do Procon-JP, Mariana Teixeira.

A operação foi realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), em parceria com o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq-PB) e segue durante esta semana. 

O Procon-JP e o Imeq-PB seguirão com a fiscalização até quinta-feira (26). Em caso de denúncias, o consumidor deve entrar em contato por um dos canais de atendimento abaixo:

Telefones: 3218-5720 e 0800 083 2015
Instagram: @proconjp
Site: proconjp.pb.gov.br
Email: procon@joaopessoa.pb.gov.br


CLICKPB

FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários