Estudantes da rede estadual de ensino de Pombal vencem Concurso de Redação Expedição do Semiárido

 

Dois estudantes da rede estadual de ensino foram vencedores do Concurso de Redação Expedição do Semiárido, que tem como objetivo estimular o conhecimento  sobre a região do Semiárido, por meio do incentivo a estudantes das redes públicas e privadas de ensino à produção de redações que abordem temáticas relacionadas à região.
 
O concurso é promovido, desde 2009, pela Universidade Federal de Campina Grande, Sebrae, Instituto Nacional do Semiárido, Museu Interativo do Semiárido e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Os vencedores tiveram a oportunidade de participar de uma expedição por diversas cidades do Nordeste que compõem a região do Semiárido.
 
Os vencedores da rede estadual foram Wirna Barbosa Sobrinho, da EEEFM Arruda Câmara, orientada pela professora Maria Aparecida Calado; e Gabriel Ferreira de Matos, da ECIT Monsenhor Vicente Freitas, orientado pela professora Lucineide Nóbrega Almeida. Todos da cidade de Pombal, no Sertão do estado.
 
Wirna produziu uma redação onde dissertou sobre os processos de desertificação e seca no Sertão paraibano. Para a estudante, as participações no concurso e na expedição foram importantes para valorizar a região em que vive. “Foi excelente conhecer um pouco mais sobre as riquezas do Semiárido nordestino. Tanto nos aspectos culturais, locais e vegetativo. Foi importante para aprendermos a valorizar mais nossa vegetação belíssima e explorar essa região riquíssima em recursos que é o Semiárido”, comentou a estudante.
 
Orientadora de Wirna, a professora Maria Aparecida Calado destacou o comprometimento da aluna e relatou a experiência de participar da expedição. “Orientar Wirna é sempre muito prazeroso. Ela é uma aluna muito comprometida, tranquila, o que certamente facilitou a articulação dos saberes para desenvolver o tema. A expedição está sendo uma experiência riquíssima, uma oportunidade para conhecer um Nordeste que não é contado pela mídia e pelos livros didáticos, um Nordeste rico e com oportunidade diversas de se viver bem, a despeito da ausência de chuva em alguns períodos do ano. Assim, voltar para a sala de aula e falar desse Nordeste, falar do nosso semiárido, terá um sabor todo especial”, revelou a professora.
 
Roteiro - Os estudantes vencedores partiram de Campina Grande no último domingo (10) e iniciaram uma expedição prevista para durar sete dias. Ao longo da programação, os alunos e professores visitarão os estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Serão 13 cidades no roteiro de viagem e em cada uma delas serão desenvolvidas atividades como trilhas ecológicas e aulas de campo com temáticas relacionadas ao Semiárido.
 
Expedição do Semiárido - Além de premiar estudantes das redes públicas e privadas, o concurso Expedição do Semiárido também contempla estudantes de cursos superiores que desenvolvam artigos científicos sobre a região. O Prêmio tem como objetivo estimular e fortalecer a reflexão crítica, a pesquisa científica e as inovações tecnológicas e sociais acerca da Região do Semiárido. Os trabalhos foram julgados e selecionados por uma comissão que avaliou diversas competências de escrita e conteúdo nos textos dos estudantes.
 

SECOM PB


FAL APRAÍBA-BORGES NETO

Comentários