Mar do Sertão: nova novela da Globo terá paraibana no papel principal

 

Isadora Cruz, 22 anos de idade, já está envolvida com as gravações de Mar do Sertão, nova novela das 6 da TV Globo, prevista para estrear em 22 de agosto. A atriz será a protagonista da trama e enaltece a representatividade que a trama trará. “Fico cheia de esperança ao ver essa celebração da diversidade do povo brasileiro que é a nossa maior riqueza! Para mim é uma honra poder representar o Nordeste, a Paraíba, João Pessoa, através de uma personagem tão forte. Sempre tive muito orgulho de ser paraibana. Sempre soube que é da Paraíba, das minhas origens, da minha raiz, que vem a minha força e é a base de quem eu sou verdadeiramente.”

“ARRETADA”

De acordo com Isadora, Candoca é uma “paraibana arretada da peste”. “Ela não espera por ninguém, que segue seu coração e seus instintos, independente, livre, feminista, corajosa, que vive para ajudar as pessoas, que ama e protege os animais e a natureza. Ela traz questionamentos sociais importantes, como a displicência com a natureza e com o próximo e as desigualdades desse país que são ainda mais evidentes no Sertão. Candoca começa na primeira fase da novela como professora, uma profissão tão honrável que prepara os jovens, o futuro de um país, e na segunda fase da novela, vira médica, que literalmente salva vidas o tempo inteiro. Ela é caridosa e justa, movida pelo amor, pela humildade e pela solidariedade. Sua narrativa não depende dos homens, ela trilha sua própria história. Ela é uma mulher de ação, que não pensa nem pondera muito, só faz, só sente e age – às vezes até por puro impulso e, por isso, vive em constante movimento e transformação.”

Isadora Cruz caracterizada como Candoca, protagonista de Mar do Sertão.

PREPARAÇÃO PARA O PAPEL

“É um trabalho constante, diário, de grandes transformações. Assisto a muitos filmes como referência, estou lendo alguns livros que me inspiram e tentando encontrá-la no meu íntimo e nas minhas próprias vivências, porque Candoca é muito parecida comigo, eu dou muito de Isadora pra Candoca e ela me ensina muito também sobre mim. É uma relação simbiótica que vou vivendo com muita intensidade, verdade e entrega. Renovo o olhar e a minha percepção da personagem a cada dia. Cada cena é uma peça do quebra-cabeça que vai se montando, e vou mergulhando cada vez mais nesse universo que está sendo construído.”

GRAVAÇÕES INICIAIS

“Foi muito especial começar pela viagem no Nordeste porque nos imbuímos da energia mágica do Vale do Catimbau e de Piranhas, que nos inspirou muito e me ajudou na chegada da personagem. Tomei banho no Rio São Francisco e me senti “batizada” de Candoca pelas águas. Todos nós, do elenco e da equipe, ficamos mais íntimos e unidos, foi super importante para nosso entrosamento em geral. É essencial que a gente crie esse vínculo porque acabamos passando mais tempo com os nossos colegas de trabalho do que com os nossos amigos e família, então, eles viram sua família pelo período da novela. A nossa cidade cenográfica vai ser inspirada no centro histórico de Piranhas, foi emocionante chegar lá e ver tudo aquilo vivo e funcionando, ver que Canta Pedra realmente existe no Brasil.”

 

Click PB


BORGES NETO LUCENA INFORMA

Comentários