Rejeição a Bolsonaro dispara e bate recorde de 54%

 


Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha na noite dessa terça-feira (16), apontou que 54% dos brasileiros veem a atuação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como ruim ou péssima. É a maior rejeição desde o início do mandato. Na última pesquisa Datafolha, realizada em janeiro, 48% dos entrevistados reprovavam o trabalho do presidente.

A popularidade de Bolsonaro também caiu, o índice daqueles que consideram sua gestão ótima ou boa saiu de 26% para 22%, já quem avalia como regular ficou estável de 25% para 26%. Apenas 1% não soube ou não quis opinar.

A pesquisa sai em meio ao pior cenário da pandemia do Brasil com recordes diários de novas mortes. Foram quase 3 mil mortes nas últimas 24 horas. A pesquisa também foi realizada em meio à troca do ministro da Saúde e da mudança de postura do presidente que adotou o discurso de defesa da vacina, até então criticada.

O Datafolha também informou que 43% dos ouvidos consideram o presidente como o principal culpado pela fase aguda da pandemia. Já são 280 mil mortos no país que está à beira do colapso nos serviços de saúde com filas de espera em UTIs e risco de desabastecimento de oxigênio.

O instituto ouviu por telefone 2.023 pessoas nos dias 15 e 16 de março. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.


PARAÍBA.COM



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários