PB inicia a Campanha de vacinação contra Influenza e Geraldo reforça: “Temos que ter a convicção de que a gripe mata”

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) deu início, nesta segunda-feira (12), à vacinação contra Influenza na Paraíba. Na ocasião, foram vacinadas seis representantes dos grupos prioritários da primeira fase. A campanha acontece em três fases e vai até o dia 9 de julho.

De acordo com o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, a meta é vacinar 1.507.993 paraibanos, de acordo com os grupos do Plano Nacional de Imunização (PNI). Já foram distribuídas 137.670 doses para todos os 223 municípios. Ele frisa a importância dos secretários municipais de saúde, das equipes de vigilância e dos agentes comunitários de saúde na busca ativa dessas pessoas que compõem os grupos prioritários para tomarem a vacina.


Representando o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems-PB), o secretário de Saúde de Cabedelo, Murilo Suassuna, reforçou o compromisso dos municípios com relação à campanha contra Influenza e afirmou que todos estão preparados e prontos para cumprir a meta, sem atrapalhar o fluxo da vacinação contra Covid-19. A secretária executiva de Saúde de João Pessoa, Rossana Sá, também esteve presente na solenidade de abertura e destacou que a vacina é segura e eficaz, além de ser de fundamental importância para evitar casos graves e diminuir óbitos.“É importante darmos as mãos e trabalhar no sentido de imunizar a população para salvar vidas. O objetivo desse cenário é convocar todos os segmentos da sociedade para alertar a importância dessas pessoas que fazem parte dos grupos da primeira fase de se vacinarem. Temos que ter a convicção de que a gripe mata e que, por isso, é importante cumprir a meta de vacinação”, pontua.

A meta da Campanha de Vacinação contra Influenza é vacinar 90% de cada um dos grupos prioritários. A primeira fase segue até o dia 5 de maio e compreende crianças (de 6 meses a menores de 6 anos); gestantes; puérperas; povos indígenas e trabalhadores da saúde. Em 2020, a Paraíba teve um total de 1.083.518 doses aplicadas, o que representa 99,84% de cobertura vacinal. Os grupos com menor cobertura foram o das crianças e de gestantes, com 85,34% e 88,38% respectivamente.

A SES estimula que os municípios realizem a vacinação de domingo a domingo, com estratégias de acordo com a realidade do território. É importante lembrar que deve ser mantido o intervalo de 15 dias antes e depois da vacina contra Covid-19.

 PB AGORA



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários