Bancada federal da PB destina R$ 16,6 milhões para o HU da Capítal no Orçamento 2022

 


A bancada federal da Paraíba destinou 16,6 milhões no orçamento federal de 2022 para o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Rede Ebserh. Ao todo, os parlamentares paraibanos asseguraram R$ 200 milhões em emendas nas áreas de Saúde, Abastecimento d’água, Infraestrutura e Educação, atendendo diferentes demandas no Estado. O prazo para entrega de emendas ao projeto de lei orçamentária para 2022 terminou nessa quinta-feira, 18, após ser prorrogado por duas vezes.  

 

Para o superintendente do HULW, Marcelo Tissiani, a disposição dos parlamentares paraibanos em destinar recursos ao Hospital Universitário Lauro Wanderley demostra o compromisso da bancada paraibana com a instituição. O montante de 16,6 milhões será utilizado na reforma da fachada do hospital-escola, cuja fundação data de 1980.  

 

“Estamos muito agradecidos pela união de esforços dos deputados e senadores paraibanos em benefício não só do HULW, mas de todo o Estado. É muito gratificante saber que podemos contar com a bancada paraibana para melhorias em nossa instituição”, afirmou Marcelo Tissiani. 

 

O projeto de lei orçamentária para 2022, encaminhado pelo Poder Executivo, reserva R$ 10,5 bilhões para emendas individuais e R$ 5,7 bilhões para as emendas de bancada estadual, totalizando R$ 16,2 bilhões em emendas com execução obrigatória. As emendas de bancada estão centradas nos eixos saúde, segurança hídrica, infraestrutura e mobilidade urbana. As emendas que foram destinadas ao HULW serão contempladas na rubrica infraestrutura.  

 

A bancada federal na Paraíba é composta pelos deputados Aguinaldo Ribeiro, Damião Feliciano, Edna Henrique, Efraim Filho, Frei Anastácio, Gervásio Maia, Hugo Motta, Julian Lemos, Pedro Cunha Lima, Rui Carneiro, Wellington Roberto e Wilson Santiago, além dos senadores Veneziano Vital do Rêgo, Daniella Ribeiro e Nilda Gondim.  

PORTAL DO LITORAL PB


FALA PARAÍBA BORGES NETO 

Comentários