Estado ampliará capacidade em eventos, mas não vai liberar 100% do público

 


 O novo decreto do Governo do Estado deve ampliar a capacidade de público em eventos realizados na Paraíba. O governador João Azevêdo explicou, nesta quinta-feira (16), que está analisando os dados da Covid-19 para elaborar o novo decreto para enfrentamento à doença.

“Deve haver um acréscimo na capacidade, mas não vamos chegar aos 100%”, disse.

João voltou a afirmar que irá recorrer à justiça caso sejam aprovadas pelos municípios leis que que estabeleçam a não obrigatoriedade do passaporte da vacina. Para ele, são equivocadas as decisões da Câmara Municipal de Campina Grande e Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de João Pessoa que aprovaram propostas para barrar o passaporte.

O governador ressaltou que o momento ainda é preocupante, com o surgimento de novas variantes do coronavírus com potencial para aumentar a taxa de ocupação hospitalar, sobretudo de pessoas não vacinadas.

“Às vezes a ideologia política coloca em risco a vida das pessoas. Eu gostaria de entender o que passa na cabeça de alguém, que você simplesmente mostrar um cartão de vacinação na hora de entrar em um determinado espaço qual é a dificuldade? Que mal faz para alguém. Que liberdade está sendo tolhida por isso”, questionou.

Ele reafirmou, em relação a possíveis processos judiciais contra leis municipais, “que cabe ao estado proteger a população”.

MaisPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários