"Terceira via nas eleições é inviável e Lula acerta em atrair Alckmin nas alianças", diz Alessandro Molon sobre as eleições


 O deputado federal pelo Rio de Janeiro, Alessandro Molon (PSB), em entrevista ao Programa Arapuan Verdade, nesta quarta-feira (23), descartou uma terceira via encabeçada pelo ex-juiz Sérgio Moro para as eleições desse ano. Como acompanhou o ClickPB, o parlamentar analisa como polarizado o pleito desse ano, motivo pelo qual não teria espaço para além de duas opções. 

Ele destacou que não haverá possibilidade de terceira via nas eleições desse ano. "A eleição já está muito polarizada, e acho difícil de uma terceira via se viabilizar, já que patina ao se dividir. Vai ser uma eleição disputada e não será fácil. Acreditamos em nossa vitória, mas sabemos que o atual presidente mostra condições de ir para o segundo turno, mas não acredito que ele vença. A melhor receita para se perder uma eleição é achar que ela está ganha", analisou. 

Ele também defendeu as articulações do ex-presidente Lula, que é pré-candidato à eleição desse ano para presidência da República, com lideranças de centro e direita. Sobre a movimentação que petista tem feito, Molon diz ser necessária para o processo, e defende com naturalidade as articulações, uma vez que para governar é preciso unidade, apesar das diferenças.

  "As alianças serão necessárias não apenas para vencer as eleições, mas para governador o país. Elas se fazem com os diferentes. Ninguém come sanduíche pão com pão, normalmente o recheio é de alguma coisa diferente. Então é necessário atrair os diferentes. Esse movimento em direção ao ex-governador Alckmin, e a outras lideranças é importante como MDB e outros partidos que vão ter que estar na base do governo", analisou. 

CLICKPB



FALA PARÁIBA-BORGES NETO

Comentários