Apenado do regime semiaberto da cadeia pública de Serra Branca é classificado para os cursos de Odontologia e Engenharia Mecânica

 


O trabalho educacional realizado no último ano na cadeia de Serra Branca, no Cariri paraibano, tem dado frutos. A cadeia teve 05 reeducandos aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), porém devido ao regime fechado não tinham condições de seguir nos cursos.

Já na última terça-feira (28/06), um apenado do regime semiaberto que recentemente implantou a tornozeleira eletrônica, foi selecionado para os cursos de odontologia na Universidade Federal de Campina Grande, em Patos, e para o curso de Engenharia Mecânica, em Campina Grande.

Em contato com a reportagem, Thiago Marinho, comemorou o resultado do apenado e afirmou que é uma conquista para todos que fazem a cadeia pública de Serra Branca.

“É com muita alegria que a gente comemora o resultado de um esforço coletivo da cadeia pública de Serra Branca, juntamente com o corpo docente e a Secretaria de Ressocialização, onde obtemos um êxito de ter um apenado selecionado no S.I.S.U para o curso de odontologia e engenharia mecânica, que são cursos concorridos,” disse.

De acordo com Thiago, este ano de 2022 a cadeia implantou o ensino médio assim como projeto leitura aberta.

“Com a implantação do ensino médio, agora na unidade, os resultados serão melhores no próximo Enem. Nós tínhamos tido 05 reeducandos classificados, porém por estarem no regime fechado, os impossibilitaram de adentrar para os cursos,” disse.

De Olho no Cariri



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários