Representante diz que setor da construção civil na PB está animado, após ampliação de subsidio para o financiamento

 


Em entrevista à imprensa o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon), Wagner Breckenfeld, avaliou o recente aumento considerável na capital paraibana, referente a ampliação do subsídio federal para o financiamento de imóveis pelo programa Casa Verde Amarela (CVA), que é voltado às famílias de baixa renda, o benefício passará por acréscimos percentuais que variam de 12,5% a 21,4%, segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

“Uma família que mora em João Pessoa com renda mensal média bruta de R$ 1,8 mil, por exemplo, terá um subsídio aproximado de R$ 34 mil (antes do reajuste era de R$ 29,9 mil) alcançando assim avanço de quase 15% em relação ao valor antigo”, disse Wagner Breckenfeld.

Ainda segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento Regional, a medida, que entrou em vigor no início de junho, vale até 31 de dezembro de 2022. Segundo o presidente do Sinduscon, a expectativa do setor com essa iniciativa é alta, pois é provável que haja mais investimentos no segmento de habitação popular. Com isso, é possível que o aumento no subsídio do programa aproxime muitas famílias da tão sonhada moradia. “Boa parte dos imóveis que construímos visa justamente atingir esse público que existe na nossa cidade. Essa medida pode gerar, além das novas moradias, mais emprego e renda para a população”, disse.

PB AGORA



FALA PARAÍBA BORGES NETO

Comentários