Ex-prefeito do Cariri, candidato a deputado perde patrimônio milionário após deixar Prefeitura


 O candidato a deputado estadual pelo Progressistas, João Paulo Segundo, teve uma perda significativa em seu patrimônio após deixar o cargo de prefeito de Boqueirão, no Cariri paraibano, em dezembro de 2020. Em dados repassados à Justiça Eleitoral agora em 2022, o ex-prefeito informou possuir bens avaliados em R$ 180 mil, valor bem abaixo dos R$ 1.143.520,08, declarados em 2016.

De acordo com à atual declaração de bens, João Paulo Segundo disse possuir apenas uma casa avaliada em R$ 180 mil. Em 2016, o então candidato à reeleição não teve os bens detalhados na declaração disponibilizada pela Corte Eleitoral,

Na página do sistema Divulgacand, da Justiça eleitoral, consta que o candidato tem como ocupação a atividade de empresário, mas não consta nenhuma empresa em seu nome. Informações dão conta que João Paulo Segundo atuaria no ramo da construção civil em Boqueirão.

Em 2004 quando concorreu pela primeira vez à prefeitura de Boqueirão, João Paulo informou não possuir bens. Já em 2012, em sua segunda tentativa de eleição, o total de bens declarados era de R$284.946,40.

Confira abaixo as declarações de bens do candidato:

 

Em 2004, o sistema Divulgacand apontava que o candidato não possuía bens (Foto: Reprodução / Divulgacand)
Já em 2012, o total de bens declarados era de R$284.946,40 (Foto: Reprodução / Divulgacand)

 

De acordo com os dados, em 2016 João Paulo possuía patrimônio de mais de R$ 1 milhão (Foto: Reprodução / Divulgacand)
Em 2022, patrimônio de João Paulo Segundo caiu para R$ 180 mil, de acordo com os dados da Justiça Eleitoral.

 

A reportagem disponibiliza o espaço para que o candidato se pronuncie a respeito dos fatos, caso queira.

 

VITRINE DO CARIRI



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários