Mulher é morta com golpes de facão em Campina Grande; Marido é principal suspeito e teria limpado arma do crime com bíblia

 




Uma mulher de 32 anos que residia no bairro José Pinheiro, em Campina Grande, foi assassinada na madrugada de hoje (26). De acordo com a Polícia Civil, o principal suspeito é o marido da vítima que atua como jardineiro e tem 36 anos. 

Segundo a delegada Elizabeth Backman, em entrevista à imprensa, nos últimos meses a relação do casal estava marcada por ciúmes, por parte do homem. Ele estaria inclusive indo buscá-la no ambiente de trabalho. Este comportamento de ciúmes, é apontada pela investigação como a possível razão do crime. 

A arma do crime teria sido uma ferramenta de trabalho do jardineiro. Os gritos da vítima chegaram a ser ouvidos pela vizinhança, por volta das 4h45. Após o crime, o acusado limpou em uma bíblia a arma utilizada para o sinistro. 

Conforme apurou o ClickPB, o casal pregava em uma igreja evangélica e em sua residência eram comuns bíblias abertas e espalhadas nos cômodos. Após toda a ação, o homem confessou à filha o que acabara de fazer. A jovem, desesperada, foi à vizinha informar a situação. 

O suspeito fugiu e ainda não foi preso. A Polícia segue investigando o crime e realizando diligências com objetivo de encontrar o jardineiro. 

CLICKPB


FALA PARAIBA-BORGES NETO

Comentários