CMJP debate Maio Amarelo pela paz no trânsito nesta terça-feira


Eu Posso: Prefeito entrega certificado e crédito para 474 microempreendedores da Capital


 A economia da Capital ganhou mais uma injeção de crédito e de empreendedores prontos para extrair o melhor do seu negócio. Na manhã desta terça-feira (7), o prefeito Cícero Lucena e o vice-prefeito Leo Bezerra entregaram 474 certificados para participantes do programa Eu Posso, além da liberação de mais de R$ 2 milhões para estes pequenos empresários. O evento aconteceu no Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural.

“Este é um trabalho planejado que busca facilitar o caminho de quem sonha em ter seu próprio negócio ou para quem já tem e precisa de apoio. Além do financiamento a baixas taxas e juros garantimos o treinamento, a qualificação e o acompanhamento para que estes negócios tragam resultados. Temos a certeza que estamos no caminho certo e queremos ampliar junto ao BRB trazendo mais R$ 30 milhões com essa finalidade”, destacou o prefeito.

O vice-prefeito Leo Bezerra destacou que a intenção é dar aos empreendedores as condições para terem negócios sustentáveis. “Queremos que sejam construídas empresas duradouras e que cresçam, causem impacto no seu bairro, na sua região. Queremos fazer a diferença na vida de quem está lutando pelo seu negócio”, afirmou.

Nesta terça, o Eu Posso contempla 474 empreendedores, sendo 123 contratos de Pessoa Jurídica, com valor médio de R$ 6,3 mil, e 351 de Pessoa Física, com média de R$ 3,7 mil. Ao todo o programa já atendeu a 1.436 empreendedores, sendo 818 mulheres (56,96%) e 618 homens (43,04%), somando um total de R$5.867.300,00 em recursos repassados.

A secretária municipal do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Vaulene Rodrigues, destacou que o Eu Posso não é apenas um programa de microcredito. “Este é um projeto que envolve a qualificação, o plano de negócio, a mentoria. Os empreendedores que saem sabendo como investir o recurso da melhor forma possível”, destacou.

A partir de agora os empreendedores passam a ser acompanhados pela equipe do pós-credito, que vai ajudar a manter o negócio saudável e sustentável. “A partir deste mês serão realizadas rodadas continuas de qualificação para o pós-credito. Iniciativa pioneira em parceria com o setor produtivo”, anunciou a secretária.

Entre os empreendedores contemplados, estava Jéssica Michele, de 30 anos. Em 2018, ela construiu um pequeno box, na casa onde reside, no Ernani Sátiro, e transformou o espaço em uma esmalteria. Ao tomar conhecimento da abertura do edital do Eu Posso, ela garantiu a inscrição, para concorrer ao crédito como Pessoa Física.

“Com o recurso que receberei, ampliarei meu negócio. Vou transformar a esmalteria em um estúdio, oferecendo serviços de depilação e de salão de beleza. Estou muito feliz. Quero crescer cada vez mais. O céu é meu limite”, comemorou.

Estiveram presentes no evento o coordenador do Empreender PB, Fabrício Feitosa; o gerente regional da unidade João Pessoa do Sebrae, Franco Fred;, e o secretário executivo do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, João Bosco Ferraz.

PORTAL DO LITORAL



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários