CMJP debate Maio Amarelo pela paz no trânsito nesta terça-feira


Galdino minimiza fato de Jhony não ser natural de CG e lembra Bruno: “Ronaldo também não era”

 

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, avaliou o xadrez político em Campina Grande e mandou um recado ao prefeito Bruno Cunha Lima.

De acordo com Galdino Bruno estaria agindo com preconceito ao tentar limitar as oportunidades políticas do secretário de saúde do estado, Johnny Bezerra. Essa ação, segundo Galdino, foi motivada pela possível intenção de Bezerra de concorrer às eleições do próximo ano.

O conflito político surgiu já Bruno Cunha Lima teria levantado questões sobre a naturalidade de Johnny Bezerra, insinuando que seu local de nascimento fora de Campina Grande poderia ser um obstáculo à sua candidatura e conhecimento sobre a cidade.

Adriano Galdino não hesitou em responder a essa insinuação:

“Eu vou lembrar o prefeito Bruno, que o Ronaldo Cunha Lima também não era de Campina Grande, e foi, com certeza, o melhor prefeito de Campina Grande. O fato de nascer em outra cidade não tem muito a ver com a condição de ser um candidato em qualquer cidade, que é a de ter um compromisso com a cidade” disse em entrevista À Rádio Correio FM.

As declarações de Adriano Galdino lançam luz sobre as tensões políticas em Campina Grande e as discussões em torno das eleições do próximo ano, que estão a todo o vapor.

 

PB Agora


FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários