Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


Câmara do TJ julga nesta 3ª caso do deputado Eduardo Brito por fraude em licitação

 


O deputado estadual Eduardo Brito (Solidariedade) está programado para ser julgado na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba nesta terça-feira (28). Acusado de envolvimento em fraudes em licitações, o ex-prefeito de Mamanguape já foi condenado a mais de seis anos de prisão, mas recorreu da decisão.

O Ministério Público permanece favorável à sentença inicial, apesar do recurso. O relator do caso, Dr. Saulo Benevides, inicialmente agendou o julgamento para o período de 13 a 20 de novembro, porém, Eduardo Brito conseguiu retirar o caso da pauta virtual e contratou um novo advogado.

Diante desses eventos, o relator percebeu a tentativa de adiamento e marcou uma nova data, agora para amanhã, 28 de novembro. Há especulações sobre possíveis manobras jurídicas de Eduardo Brito para adiar o processo, mas os desembargadores estão atentos para evitar tais artifícios. O desfecho do julgamento é aguardado com expectativa, pois pode ter impacto direto no cenário político paraibano.

As informações repercutiram nesta segunda-feira (27), no programa Paraíba Verdade, do Sistema Arapuan.

 

PB AGORA


FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários