Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


Mutirão de cirurgias oftalmológicas do Opera Paraíba contempla região de Picuí

 

“Eu agora espero enxergar melhor pra fazer minhas coisinhas em casa e poder ler. Se não fosse esse programa eu não ia poder pagar uma cirurgia dessa não”. O depoimento é da agricultora Francismar Cristóvão, de 59 anos, moradora da cidade de Juazeirinho. Ela foi uma das beneficiadas com uma cirurgia de catarata do Programa Opera Paraíba, que tem o objetivo de reduzir o tempo de espera por procedimentos cirúrgicos e integra as ações do Governo do Estado para interiorizar as ações de saúde.
 
Nesta quarta-feira (22) a equipe itinerante do Programa deu início a mais um ciclo de cirurgias oftalmológicas no Hospital Regional de Picuí, unidade integrante da rede hospitalar estadual. Até esta sexta-feira (24), 150 paraibanos da região do Curimataú e Seridó do estado serão comtemplados com procedimentos de catarata e pterígio.
 
O aposentado José Hernandes, de 73 anos, da cidade de Nova Floresta, já estava fazendo a cirurgia do segundo olho, desta vez o direito. Ele conta que já enxerga bem melhor. “Se eu fechar o olho doente, já consigo até ler sem usar óculos. E quando ficar bom desse outro, aí é que vou ver tudo mesmo”, comemorou.
 
Segundo a diretora técnica do hospital, Hilda Moreira, esse está sendo o sexto mutirão de catarata do ano e o primeiro de pterígio na unidade. “Com mais esse mutirão chegamos a quase 800 cirurgias oftalmológicas realizadas pelo Opera Paraíba aqui no Regional de Picuí, e agora estamos recebendo as cirurgias de pterígio para atender a demanda da região. É bom saber que estamos proporcionando qualidade de vida para todas essas pessoas”, pontua.
 
Por dia estão sendo realizadas 50 cirurgias, que atende a demanda de 12 municípios circunvizinhos a Picuí. Para participar do Programa é necessário que o usuário faça a  solicitação por meio da secretaria de saúde de seu município ou realize o cadastro no site operaparaiba.pb.gov.br preenchendo os dados pessoais, comprovante de residência e anexando exames e laudos médicos.
 


SECOM PB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários