CMJP debate Maio Amarelo pela paz no trânsito nesta terça-feira


Obesidade mata mais que câncer e aids


 A obesidade é a segunda doença que mais mata em todo o mundo, perdendo apenas para o tabagismo e superando o câncer e a aids, por exemplo.

O alerta é da Organização Mundial de Saúde (OMS), que apontou 650 milhões de adultos, 340 milhões de adolescentes e 39 milhões de crianças com a enfermidade, números que têm avançado nos últimos anos.

A nutricionista, Marcela Santos, apont orientações de como melhorar a alimentação e evitar o sobrepeso, que pode levar à obesidade.

A especialista ressalta que a doença é crônica e pode desencadear outras patologias, como diabetes, hipertensão, desordens cardiovasculares, osteoartrite, apneia do sono, câncer e problemas no fígado.

A obesidade ainda pode causar desequilíbrio hormonal e problemas psicológicos.

A principal maneira de prevenção e tratamento, conforme destaca, é manter uma rotina de alimentação adequada  associada à prática de atividade física. 

Confira as dicas:

1) Evite industrializados e ultraprocessados

A nutricionista explica que fast food, alimentos ricos em farinha branca, produtos com alto teor de açúcar e embutidos, refrigerantes e sucos artificiais devem ser evitados, pois, além de serem pobres em nutrientes, possuem grande quantidade de calorias. 

2) Coma comida de verdade

Frutas, verduras, legumes, raízes e cereais integrais devem ser a base da alimentação balanceada.

Esses alimentos são ricos em vitaminas, minerais e fibras, fornecendo os nutrientes essenciais para um bom funcionamento do organismo.

 3) Procure comer proteína magra em todas as refeições

Ovo, peixe, frango e iogurtes naturais devem compor as refeições, até mesmo os lanches, pois, além de ajudar na manutenção da massa muscular, aumenta a sensação de saciedade.

4) Não pule refeições nem faça jejum prolongado

Ao ficar muito tempo sem comer, a especialista explica que as chances de compensar na próxima refeição são grandes. 

5) Beba água com frequência

O consumo de água é indispensável para o bom funcionamento do organismo e ajuda no emagrecimento.

6) Planeje suas refeições

A nutricionista orienta sair de casa alimentado e, quando necessário, organizar e levar alimentação para ser consumida nos lugares.

“Fora de casa a chance de errar é maior”, destaca.

HELENO LIMA




FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários