Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


“Podemos dizer que Tiago Fontes matou Ana Sophia e escondeu corpo”, diz Polícia

 

O delegado Aldrovili Grisi afirmou, nesta terça-feira (14), que Tiago Fontes assassinou a menina Ana Sophia, de oito anos, que desapareceu no dia 4 de julho, no distrito de Roma, em Bananeiras. O corpo do acusado foi encontrado na zona rural do município e os bombeiros fazem buscas no local na tentativa de encontrar o corpo da menina.

“Podemos dizer que Tiago Fontes assassinou Ana Sophia”, disse o delegado, afirmando que as investigações avançavam, os indícios apontavam para Tiago Fontes como o responsável pelo desaparecimento da menina.

Grisi ressaltou que a autoria do crime é incontestável e que o acusado teve a oportunidade de confessar, mas optou por adotar outra linha de defesa.

“O trabalho dos bombeiros nos mostrou que o corpo não tinha sido jogado em qualquer lugar e sim ocultado meticulosamente, indicando a participação de apenas uma pessoa”, explicou o delegado.

Ao citar que o acusado limpou a garagem para apagar qualquer vestígio, o delegado afirmou que Tiago foi meticuloso e detalhista. “Não estamos trabalhando com achismo, estamos trabalhando com certeza”, frisou.

Provas técnicas mostram que Tiago saiu antes do horário do trabalho e, segundo a polícia, teve uma hora e meia para supostamente se desfazer do corpo da menina. Ao final da entrevista, o delegado comentou o caso e afirmou que agora encontrar o corpo de Ana Sophia é uma questão de honra para a Polícia Civil.

“É uma questão humanitária e de honra para a Polícia Civil localizar esse corpo. Não tenho com dizer um prazo por não está incorrendo e um erro. Não temos prazo, mas confesso que o empenho é máximo no intuito de unir todas as forças de segurança em fazer buscas em locais quentes onde acreditamos que Thiago Fontes descartou o corpo”, ponderou.

Veja vídeo 

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários