Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


Ruan Macário deverá participar da audiência do caso Kelton Marques presencialmente, após novo adiamento, determina juíza

 

 empresário Ruan Macário, acusado de atropelar e causar a morte do motoboy Kelton Marques, deverá participar do julgamento popular sobre o caso de forma presencial. Conforme apurou o ClickPB, a informação foi detalhada pelo advogado Luiz Pereira, da família de Kelton Marques, na manhã desta sexta-feira (24). 

Em vídeo encaminhado à imprensa informando sobre o adiamento do júri, ele explicou que a definição foi feita pela juíza do caso, Francilucy Rejane. 

"Na oportunidade em que ela - a juíza - foi falar com Ruan, por videoconferência, ele lá na cidade de Catolé do Rocha, a plataforma esta muito estável. E ela, por questão de segurança entendeu que isso poderia prejudicar o júri e determinou o recambiamento dele para João Pessoa. Então ele vai participar do júri presencialmente", explicou. 

Outra informação detalhada pela equipe de Kelton Marques, é que mesmo que ocorra algum imprevisto com a equipe a audiência deverá ser mantida no dia 18.

 "A juíza deixou uma coisa consignado é que se o advogado adoecer novamente, se tiver qualquer outro atrapalho em relação a se pedir novamente o adiamento, a defensoria já ficou intimida para acompanhar e realizar o julgamento no dia 18 de dezembro", explicou. 

Confira vídeo:


CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários