MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni


Clementino Fraga realiza seminário sobre Hanseníase e reúne profissionais da Vigilância Epidemiológica

 

O Complexo de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga – unidade pertencente à rede de saúde do Governo da Paraíba – realizou, nessa terça-feira (30), o 4º Seminário Multiprofissional em Hanseníase. O evento, que faz parte das ações do Janeiro Roxo, mês de combate à doença, visa aprofundar o debate acerca dos desafios no cuidado multiprofissional do paciente e reuniu representantes da Vigilância Epidemiológica de municípios pertencentes à primeira macrorregião.

A coordenadora de epidemiologia da Baía da Traição, Lais Fernandes, explicou a importância da educação continuada para o profissional de saúde. “Esses encontros nos proporcionam trocas de experiências necessárias para o aprimoramento do atendimento aos pacientes. É através dessas conversas que conseguimos identificar onde devemos melhorar para que, dessa forma, possamos detectar de maneira mais ágil casos de doenças como a hanseníase”, disse.

Na ocasião, ocorreram palestras com temas voltados à prevenção, diagnóstico e manejo clínico da hanseníase, como Consulta de Enfermagem na Hanseníase: potencialidades e desafios do cuidado; Diagnóstico e manejo clínico da Hanseníase e Episódios Reacionais; A importância da Prevenção de Incapacidades em hanseníase como Indutora de conduta; e Cenário epidemiológico da Hanseníase na Paraíba.

O Clementino Fraga é a referência estadual no diagnóstico e tratamento da doença, no entanto o diagnóstico do tratamento geralmente é feito nas unidades básicas de saúde, que encaminham ao hospital apenas casos mais complexos. Participaram do evento, profissionais das cidades de Bayeux, Cruz do Espírito Santo, Conde, Alhandra, Baia da Traição, Santa Rita, Cabedelo, Rio Tinto, Gurinhem e Mamanguape, além de estudantes da Universidade Federal da Paraíba.

SECOM PB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários