MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni


Em 20 dias: PM apreende 14 armas de fogo em blitzen na Região Metropolitana de João Pessoa

 

As barreiras de fiscalização de trânsito, popularmente conhecidas como blitz, apreendeu 14 armas de fogo, nesses primeiros dias de 2024, na Região Metropolitana de João Pessoa. As ações foram realizadas pelo Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran).De acordo com o comandante do BPTran, tenente-coronel Lucas, explicou que a aplicação do policiamento é feito de forma estratégica. “Com a tecnologia, temos que nos reinventar para manter o fator surpresa, já que algumas pessoas por irresponsabilidade avisam quando tem blitz, fora outros meios tecnológicos, mas temos também nossas estratégias e estão dando certo para garantir uma maior segurança no trânsito e para retirar de circulação armas, criminosos e outros ilícitos, seguindo as determinações do comandante-geral, coronel Sérgio Fonseca”, destacou.

Para o trânsito, a Polícia Militar começou o ano com a atuação da Operação Álcool Zero, que combate a perigosa mistura de beber e dirigir, além da criação de um grupo tático para ocupar pontos estratégicos. “Tudo isso vem sendo possível pelas condições e investimentos em treinamento que o comando da Polícia Militar tem proporcionado, o que nos permite avançar cada vez mais para que as pessoas vejam sempre uma blitz no caminho, o que representa mais sensação de segurança”, completou o tenente-coronel Lucas.

Só nessa sexta-feira (14), foram quatro armas de fogo apreendidas, com destaque para uma que estava com um acusado de homicídio e roubo. Ele tinha saído há 5 dias do presídio. O suspeito ainda tentou ‘furar’ o bloqueio policial, mas foi perseguido e preso, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

Comentários