MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni


Em nota, Funjope lamenta ocorrido com Netinho e diz que vai tomar as “medidas jurídicas necessárias”

 


A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) emtiu uma nota sobre o episódio envolvendo a apresentação do cantor Netinho, no Folia de Rua 2024. Conforme trouxe o ClickPB, o artista encerrou o show no bloco ‘Banho de Cheiro’ após percorrer apenas parte da avenida.

De acordo com o artista, em nota publicada no início da madrugada,  a decisão de acabar o show se deu devido a atrasos no cronograma das apresentações.

Em nota publicada na manhã deste domingo (04) a Funjope lamentou o ocorrido e afirmou que o artista não cumpriu o contrato firmado com a Prefeitura de João Pessoa. “Em razão de um atraso na saída de um dos blocos, o cantor Netinho desistiu de descer a avenida e não cumpriu o contrato com a Prefeitura de João Pessoa”, afirmou a fundação.

Ainda na nota, o órgão pontuou que “o artista prejudicou parte da festa e desrespeitou o seu público”.

“O papel da Funjope é a contratação. Questões de produção e horário são de responsabilidade dos blocos, o que fica claro em acordo firmado entre as duas partes” explicou.  No fim do conteúdo, a fundação detalhou que irá tomar as “medidas jurídicas necessárias”. Veja íntegra da nota no fim da matéria.

Contrato com Netinho foi firmado em janeiro

A reportagem apurou que o contrato para apresentação do cantor Netinho foi firmado no dia 09 de janeiro de 2o24, segundo consta no Portal da Transparência da Prefeitura Municipal de João Pessoa. O valor do show foi de R$ 130 mil, com previsão de início às 18h e término às 20h30. O trio com Netinho desceria após a passagem do Bloco dos Atletas.

Ontem (03), o início do show do cantor Xand Avião, atração do Bloco dos Atletas, teve um atraso em relação ao horário inicialmente previsto e desceu a avenida após as 21h.

| Veja íntegra da nota da Funjope:

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) lamenta o ocorrido na noite deste sábado (3), durante a programação na Via Folia. Em razão de um atraso na saída de um dos blocos, o cantor Netinho desistiu de descer a avenida e não cumpriu o contrato com a Prefeitura de João Pessoa. O artista prejudicou parte da festa e desrespeitou o seu público. O papel da Funjope é a contratação. Questões de produção e horário são de responsabilidade dos blocos, o que fica claro em acordo firmado entre as duas partes. Cabe à Funjope o acolhimento da sugestão do bloco para o seu artista e o pagamento do cachê. Reafirmamos ainda que este fato isolado do cantor Netinho, para o qual tomaremos medidas jurídicas necessárias, não comprometeu em nada o brilho do nosso Carnaval.

BLOG DO BRUNO LIRA



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários