Oi, Vivo e TIM são multadas por propaganda enganosa sobre 5G

João Azevêdo participa de abertura de eventos sobre recursos hídricos e destaca investimentos do Governo da Paraíba no setor

 


O governador João Azevêdo participou, nessa segunda-feira (27), em João Pessoa, da abertura do 1° Encontro Regional de Comitês de Bacia e do 2° Simpósio Paraibano de Recursos Hídricos. Os eventos, cujo objetivo é aprofundar o conhecimento sobre a gestão das águas em diversas regiões do País, são realizados pelo Governo da Paraíba, por meio da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), em parceria com o Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas do Brasil (FNCBH), até esta quarta-feira (29) no auditório do Aram Beach & Convention, em Tambaú.


A Paraíba foi escolhida como sede do 1° Encontro Regional de Comitês de Bacia (Ercob Nordeste) pela capacidade na gestão dos recursos hídricos, reunindo integrantes de comitês de bacias da região Nordeste e demais interessados no modelo de gestão hídrica descentralizado, uma discussão ampla da qual participam o poder público, usuários e comunidades locais.

Durante o evento, o chefe do Executivo destacou a necessidade de se preservar os recursos hídricos e os investimentos do Governo da Paraíba para assegurar segurança hídrica no Estado. “A Paraíba tem investido em recursos hídricos valores que seriam inimagináveis em outros tempos. Na construção de duas adutoras, por exemplo, que vão atender o Cariri e o Curimataú, duas regiões em que menos chove no estado, estamos investindo mais de R$ 800 milhões. Somando outras adutoras, são mais de R$ 2 bilhões que estamos investindo em recursos hídricos na Paraíba. Esse é um esforço muito grande, porque nós sabemos da necessidade desses investimentos. Na matriz de infraestrutura do Estado, os recursos hídricos são um item que precisa de um olhar atento, até porque a grande maioria dos municípios paraibanos está na região do semiárido”, explicou.

“Todos esses investimentos, como a construção do Canal Acauã-Araçagi, com 90 quilômetros de extensão, precisam vir acompanhados de gestão. Se essa água que vai ser transportada não tiver gestão, não se terá feito absolutamente nada”, observou João Azevêdo, enaltecendo a importância do trabalho feito pela Aesa na gestão dos recursos hídricos. Pouco antes, o gestor paraibano foi homenageado pela primeira turma concluinte de Pós-graduação de Gestão Sustentável de Recurso Hídricos, resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e o Sesi/Senai.

O secretário de Estado da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga, ressaltou a importância dos comitês de bacias na gestão dos recursos hídricos. “Esse evento é de fundamental importância, pois estamos testemunhando o que tem ocorrido no mundo, com os eventos climáticos extremos — e tudo isso passa pela relação que a sociedade tem com a água. Com o apoio decisivo do governador João Azevêdo, a Paraíba tem dado uma importância divina aos recursos hídricos, com destaque para os investimentos da nossa secretaria e a busca por excelência pela Aesa na gestão da água aqui no nosso estado”, comentou.

Por sua vez, o presidente da Aesa, Porfírio Catão evidenciou a importância do evento no compartilhamento de gestão dos recursos hídricos. “A importância desse evento está no fato de envolver a sociedade na discussão da necessidade de se preservar, de se gerir bem os recursos hídricos. É um momento muito importante para compartilharmos ideias, modelos que têm dado certo na gestão dos recursos hídricos, e a Aesa tem feito um trabalho exitoso nesse sentido, atestado pela Agência Nacional de Gestão de Águas [ANA], por exemplo”, acrescentou.

O diretor da ANA, Marco José Melo Neves, que na ocasião representou a presidente da agência, Verônica Sanches, também destacou a importância do encontro e elogiou a gestão dos recursos hídricos na Paraíba. “O governador João Azevêdo é um conhecedor dos recursos hídricos e tem levado esse tema a um patamar muito importante aqui na Paraíba. Em nome da presidente da ANA, Verônica Sanches, expresso meus sinceros agradecimentos por esse convite para a abertura de um evento tão importante aqui no Nordeste, que tem sido uma sala de aula para todo o Brasil na gestão de recursos hídricos”, afirmou.

O coordenador do FNCBH, Maurício Scalon, disse que a realização de um evento como 1° Encontro de Comitês de Bacia — Nordeste mostra a sensibilidade que a gestão dos recursos hídricos tem conquistado na sociedade. “A gestão das águas é uma causa que deve ser abraçada por toda a sociedade. E, nesse ponto, é de suma importância a participação dos comitês em toda essa discussão, que se torna cada vez mais vital”, disse.

A abertura oficial do 1° Encontro Regional de Comitês de Bacia — Nordeste e do 2° Simpósio Paraibano de Recursos Hídricos foi prestigiada, ainda, pelo presidente da Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa), Marcos Vinícius; pelo diretor da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Guilherme Estrela, entre outras autoridades, estudantes, acadêmicos e especialistas em recursos hídricos. Ao todo, foram mais de 600 inscritos. Quarenta trabalhos científicos serão apresentados no 2º Simpósio Paraibano de Recursos Hídricos. Durante as apresentações os estudos serão analisados por uma comissão avaliadora composta por uma equipe da Aesa.
SECOM-PB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários