Oi, Vivo e TIM são multadas por propaganda enganosa sobre 5G

Conta de luz terá bandeira amarela em julho e subirá R$ 1,88 a cada 100 KW/h, informa Aneel

 


A conta de luz terá bandeira amarela em julho, com custo extra de R$ 1,88 a cada 100 kW/h consumidos, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (28).


Segundo o governo, a decisão ocorre por condições menos favoráveis para a geração de energia no país com previsão de escassez de chuvas e inverno com temperaturas mais altas.


Essa é a primeira alteração na bandeira desde abril de 2022. Ao todo, foram 26 meses com bandeira verde.


“A bandeira amarela foi acionada em razão da previsão de chuvas abaixo da média até o final do ano (em cerca de 50%) e pela expectativa de crescimento da carga e do consumo de energia no mesmo período”, informou a Aneel.


“Esse cenário de escassez de chuvas, somado ao inverno com temperaturas superiores à média histórica do período, faz com que as termelétricas, com energia mais cara que hidrelétricas, passem a operar mais”.


O sistema de bandeiras tarifárias foi criado pela ANEEL em 2015 para indicar, aos consumidores, os custos da geração de energia no Brasil.


O modelo reflete o custo variável da produção de energia, considerando fatores como a disponibilidade de recursos hídricos, o avanço das fontes renováveis, bem como o acionamento de fontes de geração mais caras como as termelétricas.


Bruno Lira / FALA PARAÍBA BORGES NETO 

Comentários