MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni


Pioneiro: Governo da Paraíba anuncia pagamento do piso de enfermagem e salário sem gratificações passa de R$5 mil

 


O secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, esclareceu, em reunião com os representantes da categoria de enfermeiros que a Paraíba foi o primeiro estado a antecipar o pagamento do piso R$5.127,55 (ainda sem considerar plantões extras). 

Segundo ele, a Paraíba é o primeiro Estado a regulamentar e pagar o piso da categoria, que ainda não vigora nacionalmente por força de decisão judicial. "A Paraíba também já pratica a carga horária de 30h para os profissionais da enfermagem que atuam na rede formada por 34 hospitais e 4 UPAs. Mesmo sem que haja avanço nacional sobre este tema tão valioso para a categoria, os salários de um enfermeiro que era de  R$3.200,97 (considerando salário base e gratificações) passou a ser de R$5.127,55 (ainda sem considerar plantões extras)", explicou como obtido pelo ClickPB. 

Em 1 de fevereiro, o Governo da Paraíba publicou a Medida Provisória 318, que regulamenta o Piso da Enfermagem para os profissionais efetivos da Secretaria de Estado da Saúde. O pagamento foi efetivado por meio de folha complementar aos profissionais efetivos da Secretaria de Estado da Saúde. Tal valor veio descrito no contracheque de fevereiro como “adiantamento”. 

Anterior à publicação da MP318, o salário da categoria era formado pelos vencimentos, acrescido de gratificações e plantões extras. Tais gratificações foram incorporadas ao piso da categoria, conforme prevê a Emenda Constitucional Nº 124, de 14 de julho de 2022, que Institui o piso salarial nacional do enfermeiro, do técnico de enfermagem, do auxiliar de enfermagem e da parteira. Desta forma, os profissionais efetivos passam a receber o piso da enfermagem somado aos plantões extras, se assim houver.

A reunião foi realizada com representantes do Sindicato dos Enfermeiros no Estado da Paraíba (SINDEP-PB); Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Estado da Paraíba (SATENF-PB) e do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB), para tratar das demandas da categoria.

Durante o encontro, ficou acertada uma reunião, na próxima terça-feira (07), com o secretário de Estado da Administração, Tibério Limeira e o presidente da PB Saúde, Luiz Gustavo César de Barros e os representantes da categoria. 

CLICKPB



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários