Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


Fraudes: lojas devem se atentar para venda de produtos falsos

 

A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quarta-feira (21), mais de mil capinhas de celulares apontadas como falsificadas. A denúncia foi feita pela empresa americana “Apple”, que enviou um perito até o Mag Shopping, em João Pessoa, para auxiliar a Delegacia de Defraudações e Falsificações na investigação.

Os proprietários foram autuados pela Lei 9.279 96, que prevê a proteção à propriedade industrial, marcas e patentes. Ao Portal MaisPB, o delegado Aneilton Castro lembrou que o crime dá uma pena abaixo de dois anos. “A gente sabe que não foram eles que produziram, eles estavam apenas colocando à venda”, avisou.

A autoridade também alertou a outros donos de loja da capital, para que tentem se prevenir no sentido de que futuras denúncias de empresas de fora ocorram.  “A gente alerta para que outras pessoas que comercializam esse tipo de objeto para realmente observar se tem ciência do que está comprando e se está revendendo produto falsificado ou original, para que outros empresários não venham passar pela mesma situação”, avisou Aneilton.

Os proprietários das lojas foram conduzidos à delegacia para assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e responder pelo crime em liberdade. O material foi encaminhado para o Instituto de Polícia Científica (IPC), onde será periciado.

João Pedro Gomes – MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários