Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27


Paraíba tem 37 municípios com risco de fortes tempestades, prevê meteorologia

 

A Paraíba pode sofrer com pancadas de chuvas a partir desta terça-feira (28) até amanhã (29), de acordo com boletim do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). São 37 municípios paraibanos espalhados por Sertão, Agreste e Zona da Mata sob alerta de perigo potencial. As chuvas poderão alcançar até 30mm/h, com rajadas de vento de até 60km/h.

Por conta disso, o Inmet alerta para a pequena possibilidade de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvore e alagamentos. Por isso, a Defesa Civil do estado pede que a população evite utilizar eletrônicos ligados na tomada, não se abrigar debaixo de árvores e não estacionar veículos próximos de placas de publicidade e torres de transmissão.

Confira os municípios sob risco de pancadas de chuva:

– Araruna;
– Baraúna;
– Belém do Brejo do Cruz;
– Bernardino Batista;
– Bom Sucesso;
– Brejo do Cruz;
– Brejo dos Santos;
– Cacimba de Dentro;
– Caiçara;
– Catolé do Rocha;
– Cuité;
– Damião;
– Dona Inês;
– Frei Martinho;
– Jacaraú;
– Jericó;
– Joca Claudino;
– Lagoa;
– Lastro;
– Logradouro;
– Mamanguape;
– Mataraca;
– Mato Grosso;
– Nova Floresta;
– Nova Palmeira;
– Paulista;
– Picuí;
– Poço Dantas;
– Riachão;
– Riacho dos Cavalos;
– Santa Cruz;
– São Bento;
– São José do Brejo do Cruz;
– Tacima;
– Triunfo;
– Uiraúna;
– Vieirópolis.

Chuvas fortes em Campina Grande derrubam muro

Parte de uma marquise de um supermercado localizado no bairro Catolé caiu e o muro de uma construção cedeu no Alto da Serra, nas últimas horas, após as chuvas intensas que atingem Campina Grande desde essa segunda-feira (27).

+Muro desaba e marquise de supermercado cai após fortes chuvas em Campina

A Secretaria de Obras de Campina Grande (SECOB), por meio da Defesa Civil, está realizando o monitoramento das passagens molhadas e de locais de risco que costumam sofrer alagamentos e inundações.

“Estamos verificando e fiscalizando algumas áreas, como passagens molhadas e pontes. Constatamos o acúmulo de lixo nesses locais, fato que dificulta a passagem da água. Acionamos a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) para fazer a retirada desses resíduos”, destacou Brayner Neiva, agente da Defesa Civil.

MaisPB


FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários