Oi, Vivo e TIM são multadas por propaganda enganosa sobre 5G


Socioeducandos da Fundac levam serviços de barbearia para população em situação de vulnerabilidade

 


Os cursos profissionalizantes em Barbearia promovidos pela Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) para os socioeducandos estão rendendo bons frutos para a população em situação de vulnerabilidade, que se encontra na Unidade de Acolhimento do município de João Pessoa. Na última terça-feira (11), adolescentes em cumprimento de medidas judiciais no Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE) participaram de uma ação social na Casa de Acolhida Adulto I, II e III, e levaram serviços de barbearia para os usuários.


Essa é a segunda vez que os socioeducandos participam desta ação social em parceria com o Instituto de Pesquisa e Promoção do Desenvolvimento e da Sustentabilidade (Ippeds) que, esse ano, ministraram o curso profissionalizante de Barbearia em duas unidades socioeducativas da Fundac: Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE) e Centro Educacional do Jovem (CEJ).

Para o presidente da Fundac, Flavio Moreira, a ação contribui tanto com a prática do curso de barbearia, oportunizando os socioeducandos a levarem o que aprenderam para fora do sistema socioeducativo, quanto para a população em situação de vulnerabilidade, que nem sempre tem acesso a esse tipo de serviço oferecido na sociedade. 

A ação foi acompanhada pela Fundação, por meio do setor de Profissionalização, e contou com a participação de quatro socioeducandos do CSE, que proporcionaram aos usuários do sexo masculino da Casa de Acolhida os serviços de corte de cabelo e barba.

SECOM PB




FALA PARAÍBA BORGES NETO 

Comentários