Oi, Vivo e TIM são multadas por propaganda enganosa sobre 5G

Mercado de veículos usados soma 7,3 milhões de unidades no 1º semestre

 


De acordo com o levantamento da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), as transferências de titularidade de veículos usados anotaram alta de 7,2% no mês de junho na comparação com maio e de 10,3% sobre junho de 2023. No acumulado do ano, o crescimento registrado foi também de 7,2%.

Apesar de junho ter tido um dia útil a menos, o mercado de usados seguiu o bom momento do segmento de veículos novos, já que a maioria das aquisições de 0km envolve um modelo usado ou seminovo como parte do pagamento. E isso ajuda a movimentar todo o setor e a economia.

"Com o Registro nacional de Veículos em Estoque (RENAVE) de Usados, essas transações se tornam ainda mais seguras. Afirma  e esperamos que todos os estados adotem esse sistema, assim como já ocorre com veículos novos”, afirma o Presidente da FENABRAVE, Andreta Jr.


Os cinco automóveis mais comercialisados no mês de junho de 2024 foram Gol, Palio, Uno, Onix e HB20. Já os cinco comeciais leves mais vendidos foram Strada, Savero, S10, Hillux e Toro.

Desempenho por segmento

As transações de automóveis e comerciais leves usados aumentaram 8,9% na comparação com maio e 10,9% sobre junho de 2023. No total do semestre, a alta foi de 7,7% sobre a primeira metade do ano passado. Os modelos usados com até 3 anos de fabricação, representaram 11,68% do total transacionado no mês. No 1º Semestre de 2024, esses veículos responderam por 10,8% das transações.

O mercado de caminhões usados cresceu 7,2% em junho sobre maio e 3,6% na comparação com junho de 2023. No acumulado do 1º. semestre, no entanto, ocorreu uma ligeira queda, de 1%, contra iguais meses do ano passado. Os implementos rodoviários usados obtiveram alta de 3% no mês, mas o comparativo com junho do ano passado aponta retração de 7,9%. O comportamento no semestre indica estabilidade na comparação com 2023.

As transações de ônibus usados cresceram 0,9% sobre maio. O confronto com junho de 2023 revela queda de 7,8%. No acumulado do semestre, a retração foi um pouco menor: 6,2%. As motocicletas usadas obtiveram crescimento de 2,1% no volume de transferências sobre maio e de 10% na comparação com junho de 2023. A alta acumulada no semestre é de 7,4%.


PAUTA REAL



FALA PARAÍBA-BORGES NETO

Comentários